considerações sobre harmonia…

Outro dia estava conversando com o Álvaro, um amigo que também estuda design (ele foi o criador da comunidade sobre cores mais interessante que havia no orkut, mas que de repente sumiu…). Como ia dizendo, o Álvaro conversava comigo sobre o fato da harmonia entre cores complementares não ser confortável de ser observada. Para provarseu arguemento, ele me mostrou o exemplo do xadrez verde e vermelho do meu próprio blog. 

 para minha infelicidade ele tinha absoluta razão. Eu  acho que não consegui responder com clareza naquele dia. Eu bem que tentei enrolá-lo para ganhar tempo enquanto procurava desesperadamente a resposta no google, mas nada. Então fui em busca dos bons e velhos textos, livros e mesmos artigos desse blog para responder. 

 Brincadeiras a parte, a resposta que consegui formular é a seguinte:

– o  xadrez verde em vermelho é sim harmônico, pois é o exemplo mais simples de contraste tons complementares. É importante notar, ainda que ele respeita a proporção sugerida pelo contraste por extansão .

– No contraste complementar  os tons são opostos e estão o  mais distantes possível entre si (são diametralmente opostos na roda de cor). 

– é uma característica dos tons complementares que um tom realçe o outro. Por isso, ele é recomendado quando se deseja chamar a atenção, criar um senso de vividez e movimento entre elementos. 

– Entretanto há um risco em se colocar tons complementares  lado a lado. digamos que esse contraste é um tanto duro, praticamente um soco no olho. Isso as vezes proporciona alguns problemas ( ver questão 6) .

-é por causa desses efeitos colaterais resultantes do uso de tons complementares lado a lado, que raramente  se observa esse contraste  assim de maneira “seca”, sem a presença de tons intermediários que permitam uma transição mais suave para o olho, principalmente nos trabalhos de grandes artistas. 

– A presença de tons intermediários entre aqueles que são opostos,  reduz a intensidade do contraste ( basta notar que são pontos mais próximos na circunferência da roda de cores se comparados aos pontos diametralmente opostos dos tons complementares).

Conclusão: o famigerado xadrez rubro-verde, é harmônico em seu conjunto, mas extremamente incomodo quando observado por elementos separados.  Por mais que pareça contraditória, essa resposta justifica a necessidade de haver diferentes modos de se alcançar harmonia. 

Esses diferentes padrões se originaram dos tons complementares. Por exemplo, uma tríade, é uma combinação complementar com  um dos pontos deslocados para dois tons vizinhos ( pensando na roda de cores com 12 tons, para ficar mais fácil a compreensão).

rodas-de-cor-harmonia-triade.jpg

é importante perceber que a harmonia se mantém pois o deslocamento é simétrico (na biologia seria uma simetria bilateral, mas não sei se esse nome cabe aqui). Essa simetria se mantém mesmo quando há a formação com 4 tons, no caso os dois tons complementares são deslocados ( seria uma simetria radial, os eixos passam pelo centro da circunferência).

De acordo  com esses deslocamentos simétricos, seria até possível justificar graficamente a existência dos contraste análogos e  monocromáticos. nesses padrões de contraste  a distância  entre os tons seria reduzida ao máximo, o que resultaria em contrastes com pouca vividez, entre tons muito semelhantes.

o que vocês acham? fui claro? faz sentido?

4 respostas para considerações sobre harmonia…

  1. Alvaro Beleza disse:

    Não pense que venceu a batalha, meu caro Danton!

    Enquanto eu preparo minha defesa (ou meu humilde reconhecimento), me responda:

    Num outro post você disse “Harmonia cromática, não é uma combinação bonita de cores, nem uma escolha aleatórias de tons que tragam paz, tampouco uma combinação subjetiva. É antes uma escolha muito bem pensada de forma que as cores entrem em equilíbrio. Isso se obtém através do uso de cores opostas, complementares.”

    Harmonia só se obtém com o uso de complementares? Não conseguimos harmonia com matizes análogos? Afinal matizes análogos são confortáveis para os olhos. E me diga mais: você deu receita para harmonias. Então, quando não conseguiremos harmonia?

    Abração!!

    (Complementei aquele post sobre o preto.)

  2. Joao Paulo disse:

    Acho que o vermelho e verde não são harmônicos porque o complementar do vermelho é o ciano, e não o verde. Isso acontece por que a roda de cores usada pela maioria das pessoas não é a roda de cores reais. A roda de cores reais é essa: http://finetanks.com/images/realcolorwheel.png cujas cores primárias são Vermelho, VERDE e azul, e não Vermelho, amarelo e azul. Espero uma resposta a meu comentário no meu email para que possamos enriquecer mais ainda esse debate tão controverso e com tão pouco material de estudo. A proposito, excelente blog. Ja li quase todo!

  3. Bia disse:

    Em meus estudos na facul de moda nos mostraram 3 tipos de círculos cromáticos: o CYM (primárias ciano, amarelo e magenta), o RYB (primárias vermelho, amarelo e azul) e o de cor-luz (primárias verde, azul e vermelho; e cujas secundárias são magenta, ciano e amarelo).
    O círculo de cor-luz só funciona com luzes. Não funciona com tintas. Para ver seu efeito, é preciso usar luzes coloridas em lanternas, por exemplo, e as sobrepor. É incrível como funciona!

    O círculo usado para impressão é o CYM. Magenta e amarelo originam o vermelho. Amarelo e ciano originam o verde. E ciano e magenta, o violeta.

  4. Rodrigo Bardon disse:

    Meu caro, gostei de seu post, mas tenho apenas duas observações:

    1º – Você está se utilizando da escala de cor RGB, pois na escala de cor CMYK seu oposto é o Cyan, que no caso melhora bastante sua nitidez e agradabilidade.

    2º – Você foi bastante arrogante, pois procuraste argumento que legitimassem seu “Xadrez”. Baseou-se apenas na teoria das cores opostas no circulo cromático e esqueceu o que é bastante usado hoje, principalmente pelos Designer: Psicologia da cor

    Fontes:
    “A Cor Como Informação” – Luciano Guimarães
    “Psicodinâmica das Cores em Comunicação” – Modesto Farina, Clotilde Perez e Dorinho Bastos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: